Portal da Cidade Cabreúva

Papo de Especialista

As particularidades do ensino fundamental I (anos iniciais)

Saiba um pouco mais sobre essa passagem marcada por mudanças

Publicado em 07/07/2022 às 11:05

Equipe pedagógica do Colégio Anglo (Foto: divulgação )

O Ensino fundamental I é marcado pela transição da Educação Infantil para os anos iniciais desse segmento, que é considerado a base para as próximas mudanças educacionais. Podemos afirmar que essa passagem é marcada por muitas modificações e peculiaridades, que vamos elencar nas próximas considerações.

A diversidade dos temas, vivências, experiências e maturação dos alunos nessa fase é contemplada por uma gama de informações e estratégias de aprendizagem, que conferem a particularidade de ser considerado a base inicial, seguida do Ensino Fundamental II (anos finais).

Nessa seara, momentos que contribuem para o desenvolvimento da autonomia, atenção e responsabilidade, são oportunizados diariamente de acordo com a demanda do material apostilado com atividades lúdicas e concretas, que auxiliam para formação integral do aluno, habilidades essas que serão importantíssimas também na vida adulta.

Trabalha-se com gêneros textuais diversos, permitindo a articulação das atividades entre as áreas de conhecimento, contribuindo diretamente para o aprendizado significativo de prática de leitura, produção textual e compreensão. A produção de texto é de suma importância no processo de aprendizagem, pois o aluno tem a possibilidade de se expressar, via linguagem escrita, deixando de ser apenas um leitor, e passa a ser produtor de seu próprio texto e seguindo o que a BNCC pontua sobre a leitura, na qual busca ampliar o letramento já iniciado na Educação Infantil e na família, por meio de estratégias de leitura, seja ela compartilhada ou autônoma com texto de diferentes complexidades e gêneros literários.

A matemática, nesse segmento, assim como a alfabetização, desempenha um papel muito importante. De acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), o letramento matemático é um conjunto de competências e habilidades de raciocinar, representar, comunicar e argumentar matematicamente, de modo a favorecer o estabelecimento de conjecturas, a formulação e a resolução de problemas em uma variedade de contextos, utilizando conceitos, procedimentos, fatos e ferramentas matemáticas. Com base nessa definição, entendemos que a matemática deve permitir aos alunos as possibilidades de

vivenciar o mundo dos números para que os conhecimentos sejam percebidos no seu dia a dia.

Assim como alfabetizamos para a leitura e a escrita, também trabalhamos com a alfabetização e letramento matemático que, diferente do que se pode pensar, vai muito além do ensino dos números e suas grafias, da contagem de forma mecânica ou apenas a decodificação. Ela tem relação com o desenvolvimento da linguagem e do raciocínio lógico, por meio dos números, entre os estudantes. Trabalhamos com medição, ordenação, classificação, resolução de problemas, tomada de decisões e diferentes tipos de representação: escrita, numérica, alfabética, visual, simbólica.

A equipe pedagógica busca sempre inovar suas práticas para proporcionar momentos, que de fato façam sentido aos alunos, para que esses se sintam engajados e motivados diariamente estabelecendo assim vínculos significativos para uma aprendizagem contextualizada e acolhedora.

Fonte:

Receba as notícias de Cabreúva no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário